Notícias

Plano de Hidrometração - Hidrômetros – Faturamento – Perdas

A hidrometração está fortemente ligada a perdas em função de problemas de medição, seja pela falta de hidrômetros ou pela má condição deles ou mecanismos de cobrança ineficientes.

847

Por EOS Consultores.
Publicado em 16/03/2021 às 15:13  •  atualizado há 4 horas

O que é um plano de hidrometração e por que ele é muito importante? Nós contamos isso em nosso artigo de hoje. Venha conferir!

Em nosso artigo você vai conhecer:

Os hidrômetros

As perdas de água no Brasil

Por que o plano de hidrometração é importante?

VAMOS FALAR DE HIDRÔMETROS!

Vamos começar do básico. Você certamente conhece o hidrômetro. Mas se não tem ideia do que eu estou falando, fique tranquilo.

O hidrômetro é o aparelho que mede e indica o volume de água consumido em ligações domiciliares ou prediais.

Já o índice de hidrometração é o cálculo que as companhias de saneamento realizam entre a quantidade de ligações de águas medidas e o total de ligações de água. Isso resulta em um percentual de medição do consumo de água para as companhias tomarem decisões.

Mas por que o consumo de água precisa ser medido?

A Lei do Saneamento Básico fala da cobrança pelos serviços realizados que garantem a sustentabilidade econômico-financeira das empresas de saneamento.

Assim, a hidrometração interfere conforme o artigo 29, § 1º, da referida lei, entre os quais podemos citar:

  • ·  Inibição do consumo supérfluo e do desperdício de recursos;
  • ·  Recuperação dos custos incorridos na prestação do serviço em regime de eficiência; 
  • · Estímulo ao uso de tecnologias modernas e eficientes, compatíveis com os níveis exigidos de qualidade, continuidade e  segurança na prestação dos serviços; 
  • Incentivo à eficiência dos prestadores dos serviços.

A hidrometração está fortemente ligada a perdas em função de problemas de medição, seja pela falta de hidrômetros ou pela má condição deles, fraudes em ligações ativas, ligações clandestinas ou mecanismos de cobrança ineficientes.

Hidrometro.

Os fabricantes recomendam a troca de hidrômetros a cada cinco anos para que o equipamento não apresente submedição.

Geralmente, as empresas de saneamento consideram um prazo maior com a condição de serem monitorados e aferidos. A Portaria 246 do INMETRO determina a aferição de todos os hidrômetros em funcionamento há mais de cinco anos.

Quando o sistema de hidrometração apresenta idade elevada e não há um monitoramento adequado nem manutenção dos mesmos pode-se gerar graves erros de medição…

E de faturamento!

Mas, antes de falarmos de dinheiro, temos que falar de um outro assunto extremamente relevante e que toda empresa de saneamento conhece muito bem.

AS PERDAS DE ÁGUA NO BRASIL

Sem dúvidas, um dos grandes desafios para as empresas de saneamento básico é a redução de perdas de água.

Elas estão presentes em todas as partes de um sistema de abastecimento, desde a captação até as residências.

O Brasil tem reduzido modestamente as perdas de água ao longo dos anos, mas o índice ainda é alto: cerca de 37% em média. Esse volume preencheria seis sistemas Cantareira anualmente, de acordo com o Instituto Trata Brasil.

Para padronizar as medições, as perdas foram divididas em dois tipos: Aparentes e reais.

As perdas aparentes

São aquelas que chegam até o consumidor, mas não são cobradas adequadamente devido a:

·         Fraudes;

·         ligações clandestinas;

·         falhas de hidrometração;

·         falhas nas leituras, etc.

Em uma visão econômica, as perdas aparentes recaem sobre o faturamento da empresa de saneamento.

Por outro lado, as perdas reais são aquelas que se perdem durante o sistema de distribuição. Economicamente, os custos dessas perdas recaem sobre os custos de produção e distribuição da água.

Perdas de água - plano de hidrometração

As perdas de água geram impactos negativos para a sociedade, meio ambiente, receita das empresa e até mesmo aos investimentos necessários aos avanços do saneamento.

Quando falamos em faturamento das empresas de saneamento, o Instituto Trata Brasil estima uma perda de 39% no faturamento devido às perdas do sistema. Em 2013, ano de referência do estudo, isso equivalia a mais de R$ 8 bilhões ao ano de perda financeira. Quanto as perdas equivalem em sua empresa?

E por que estamos falando de perdas?

Porque o índice de perdas de água está intimamente relacionado ao índice de hidrometração! E mais, o índice de hidrometração se relaciona com o índice de faturamento.

Além de fornecer uma informação importante para a saúde financeira das companhias, o volume medido transformado em volume faturado é um instrumento de disciplina para o uso racional da água.

No dia a dia, torna-se difícil perceber hábitos de desperdício como manter as instalações hidráulicas em perfeitas condições evitando vazamentos ou manter as torneiras fechadas quando não estão em uso.

Por isso, através da instalação do equipamento para medir o consumo consegue-se uma noção real do quanto de água está sendo utilizada e é possível obter um maior controle.

E falando em faturamento, um dos grandes motivos de erros na medição são:

hidrômetros com problemas, tais como hidrômetros parados, com a cúpula riscada ou opaca e tempo de uso superior ao recomendado gerando submedições.

Os grandes consumidores merecem uma atenção especial nesse sentido, já que são responsáveis por uma grande parcela do consumo e faturamento da empresa de saneamento.

E então, me responda:

POR QUE O PLANO DE HIDROMETRAÇÃO É IMPORTANTE?

Já conseguiu perceber?

Muitas vezes as operadoras já possuem um plano de substituição de hidrômetros com avarias ou validade ultrapassada, porém quando o parque de hidrômetros já está ficando ultrapassado ou seu índice de hidrometração começa a ficar muito baixo pode ser a hora de pensar em um plano de hidrometração. Isso antes que comece a gerar perdas de faturamento relevantes para a empresa.

O planejamento é uma etapa muito importante e requer um estudo das condições do parque de hidrômetros a fim de verificar as necessidades para partir de um número viável para determinação do investimento e dimensionamento das equipes de trabalho.

Além disso, a etapa de planejamento permite avaliar os problemas existentes, as condições dos grandes consumidores e pontos de melhoria. O plano de hidrometração permite também atualizar os usuários do sistema de água.

Também é possível pensar em adquirir hidrômetros mais modernos que, por exemplo, permitam a leitura remota do consumo, planejando já o futuro dos processos da empresa.

O plano de hidrometração deve prezar pelo melhor gerenciamento, pela identificação de perdas, pela cobrança justa e pela identificação dos consumidores. Tais ações podem resultar na redução de custos, aumento de faturamento e redução do consumo de água.

Gestão de leituras e hidrometração

Mas fique preparado…

A etapa de execução pode encontrar alguns empecilhos como: a falta de mão de obra especializada para o serviço, exigindo treinamentos e capacitação.

Outro fator é: a conscientização da população tanto para a liberação do acesso aos cavaletes da ligação de água quanto para a instalação do novo equipamento. É comum que se encontre dificuldades para alertar sobre a obrigatoriedade da hidrometração.

As condições das ligações de água também podem ser um grande problema. É possível encontrar um grande número de cavaletes fora do padrão ou danificados.

Por isso é muito importante que a equipe de execução esteja preparada para lidar com as mais diversas resistências.

Após a implantação é possível realizar um acompanhamento dos resultados gerados. Haverá um período de adaptação dos novos consumidores, podendo elevar o consumo, até ocorrer a estabilização.

No final, será possível notar a melhoria no faturamento da empresa e uma maior eficiência ao combate às perdas de água.

Plano de Hidrometração: EOS Consultores. Postado em: 15/05/2018. Disponível em: https://www.eosconsultores.com.br/plano-de-hidrometracao/.

Fotos

Plano de Hidrometração - Hidrômetros – Faturamento – Perdas

Arquivos disponíveis

https://saaeguacui.es.gov.br/noticia/2021/03/plano-de-hidrometracao-hidrometros-faturamento-perdas.html

Publicações relacionadas

Noticia Fábula do Beija-Flor  há 1 mês  •  Notícias

Noticia Dia Mundial da Água 2023 O Dia Mundial da Água está chegando. No dia 22 de março é comemorado mundialmente o Dia da Água. Essa data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) no dia 22 de março de 1992. há 1 mês  •  Notícias

Noticia Relatório Mensal de mão-de-obra externa e interna: novembro 2022  há 1 mês  •  Notícias

Noticia SAAE INFORMA - SAAE INFORMA - há 1 mês  •  Notícias

Noticia SAAE INFORMA SAAE INFORMA há 1 mês  •  Notícias

Noticia SAAE REALIZA Saae realiza limpeza na caixa de esgoto no Bairro Lagoa há 2 meses  •  Notícias

Noticia SAAE EM AÇÃO Substituição de ligação de esgoto no Bairro Cid Moreira há 2 meses  •  Notícias

Noticia SAAE REALIZA SAAE em ação promove limpeza e elimina esgoto a céu aberto, na localidade bairro Lagoa há 2 meses  •  Notícias

Noticia A água é para todos... Vamos economizar água! O desperdício de água pode ser evitado de diversas maneiras e não precisa ser entendido como algo complicado. É imprescindível que toda a família use a água de forma consciente. Como? Vejamos... há 3 meses  •  Notícias

Noticia Você sabe como é feito o tratamento da água que chega até a sua torneira? A água oferecida à população é submetida a uma série de tratamentos apropriados que vão reduzir a concentração de poluentes até o ponto em que não apresentem riscos para a saúde do ser humano. há 3 meses  •  Notícias

Aguarde, enviando dados!

clear

Este website utiliza cookies para reconhecer você e te entregar a melhor experiência possível. Clicando no botão ACEITAR ou continuar navegando, você declara estar ciente destas condições.

aceitar